skip to Main Content

Welcome to IUCEA

Vision:  IUCEA becomes an exemplary common higher education area for a prosperous and sustainable East African Community by 2030.

Mission: To encourage and develop mutually beneficial collaboration between Member Universities and between them and Governments and other organizations, both public and private

IUCEA Core Values:  Accountability, Transparency, Unity, Diversity, Integrity, Professionalism and Teamwork

IUCEA executive members visiting IUCEA premise

PRÉ-CONVOCAÇÃO DE PROPOSTAS PARA OS CENTROS DE EXCELÊNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR DA ÁFRICA ORIENTAL E DO SUL (ACE II AF)

Em colaboração com os governos do Gana, Malawi e Moçambique, o Grupo do Banco Mundial (WBG), o Conselho Interuniversitário para a África Oriental (IUCEA) e o Fórum Universitário Regional para a Capacitação em Agricultura (RUFORUM) estão lançando conjuntamente um apelo para propostas no âmbito do projecto Centros de Excelência para o Ensino Superior na África Oriental e Austral (ACE II).

Esta iniciativa faz parte da preparação de uma proposta de Projecto de Financiamento Suplementar ACE II-AF a ser considerada pelo Conselho do GBM em Maio de 2022. O principal objectivo do projecto proposto é fortalecer os vínculos entre as universidades dos países participantes e as necessidades da região sector agrícola por meio do fortalecimento (i) da educação e treinamento relacionados ao

agronegócio reforçado por abordagens transdisciplinares e pesquisa aplicada; (ii) as ligações entre a universidade e o sector agrícola regional – suas prioridades, necessidades e intervenientes; e (iii) parceria acadêmica com entidades públicas e privadas ligadas ao agronegócio dentro e fora da região.

O ACE II AF é o resultado de amplas consultas com os Governos do Gana, Malawi, Moçambique por um lado e IUCEA e RUFORUM por outro. Seis principais áreas de lacunas regionais foram identificadas e priorizadas para este projeto: (i) agronegócio e empreendedorismo; (ii) sistemas agroalimentares e nutrição; (iii) análise da política agrícola; (iv) gestão de riscos agrícolas e mudanças climáticas; (v)

inovações rurais e extensão agrícola; e (vi) análise estatística, previsão e gestão de dados. O projecto apoiará os governos dos três países participantes a enfrentar colectivamente os desafios nas áreas-chave acima (a) selecionando Centros Africanos de Excelência (ACEs) por meio de um processo competitivo e transparente entre instituições de ensino superior que tenham uma certa capacidade

de pesquisa e formação em agricultura; (b) fortalecer as universidades selecionadas, profissionalizando a liderança e a gestão, agilizando a administração e capacitando o corpo docente, a fim de produzir treinamento de excelente qualidade e pesquisa aplicada que possa atender às necessidades de pessoal

altamente qualificado e transferir conhecimento para o sector agroalimentar; (c) criar redes entre essas instituições para promover a colaboração regional, fomenter parcerias com outras instituições, incluindo indústrias de treinamento e pesquisa aplicada, a fim de produzir soluções inovadoras com impacto real no desenvolvimento; e (d) desenvolver uma cultura de resultados e prestação de contas na gestão institucional por meio de um mecanismo de financiamento baseado em desempenho. Como um projecto regional, o ACE II AF será governado por seu Comitê Director Regional (RPC) e facilitado por sua Unidade de Facilitação Regional (RFU). As ECAs serão selecionadas por meio de um processo competitive e transparente. As propostas submetidas serão avaliadas por um comitê de avaliação independente e o CRP tomará a decisão final de selecção. As instituições interessadas devem atender a todos os seguintes critérios de elegibilidade: (i) actuar como países participantes; (ii) oferecer um ou mais programas de doutorado ou demonstrar disponibilidade para oferecer um programa de doutorado; e (iii) ter programas em pelo menos duas áreas disciplinares relacionadas a uma das areas de lacuna regional. As propostas devem abranger os seguintes elementos: Capacitação para fornecer treinamento agrícola regional de alta qualidade para enfrentar os desafios em pelo menos duas áreas de lacunas importantes; a)desenvolver capacidade para enfrentar desafios emergentes, como o COVID-19, b)

desenvolver capacidade para realizar pesquisas aplicadas para enfrentar o(s) desafio(s); c) a força da parceria (nacional e internacional) e a capacidade de trabalhar em rede e fornecer desenvolvimento de capacidade para TVET e outras instituições de ensino superior; (d) estabelecer e fortalecer a colaboração

universitária nacional, regional e inter-regional para melhorar a qualidade do ensino e treinamento agrícola superior; e) parcerias com instituições agroindustriais relevantes envolvidas no processamento, armazenamento e distribuição de produtos agrícolas f) a criação e utilização de parcerias indústria/sector para aumentar o impacto do projecto no desenvolvimento e aumentar a relevância deste ensino e pesquisa centros; g) fortalecer a governança e gestão do ACE e das universidades participantes para melhorar o monitoramento e a avaliação; e h) demonstrou evidência do compromisso e disposição da universidade candidata em desempenhar um papel de liderança na transformação da agricultura no país alvo.

As Instituições de Ensino Superior das Repúblicas do Malawi, Moçambique e Gana interessadas em participar no programa devem enviar a sua manifestação de interesse através do seguinte link https://bit.ly/ACEIIExpression até 31 de Janeiro de 2022.

Para mais informações, entre em contacto com o Dr. Jonathan Stephen Mbwambo, e-mail: jmbwambo@iucea.org ou Prof. Majaliwa Mwanjalolo, e-mail: m.majaliwa@ruforum.org

Back To Top